Especialistas internacionais participam da 21ª Conferência Internacional sobre Álcool, Drogas e Segurança no Trânsito

dr-pechansky
Diretor do CPAD – Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas do Hospital de Clinicas de Porto Alegre e UFRGS, psiquiatra Flávio Pechansky

Especialistas e autoridades mundiais em segurança no trânsito participam T2016: 21ª Conferência do Conselho Internacional sobre Álcool, Drogas e Segurança no Trânsito, que acontece de amanhã até quarta-feira, no Wish Serrano Resort & Convention, em Gramado (RS).

Segundo a direção do International Council on Alcohol, Drugs and Traffic Safety – ICADTS e seus organizadores no Brasil – o Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas do Hospital de Clínicas de Porto Alegre e UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) – estão confirmados como palestrantes no evento:

– O Presidente da Global Road Safety Partnership (GRSP), Barry Watson, de Genebra, que trabalha no campo de segurança no trânsito há mais de 30 anos em organizações governamentais e privadas;

– O pesquisador senior do National Opinion Research Center (NORC) da Universidade de Chicago, em Bethesda, James Fell. Ele é autor de mais de 150 publicações e possui 49 anos de experiência em segurança no trânsito e pesquisa sobre álcool;

– A presidente do ICADTS nos Estados Unidos, Kathryn Stewart, que também é sócia fundadora do Safety and Policy Analysis International:-

– O diretor de Pesquisa em Epidemiologia e Prevenção do National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism, Ralph Hingson. Com mais de 150 artigos publicados, Hingson estuda o impacto do aumento da idade mínima para dirigir nos EUA e a implementação de tolerância zero para álcool para menores de 21 anos;

– O diretor de Pesquisa em Comportamento Seguro do National Highway Traffic Safety Administration, Richard Compton. Ele coordenou os principais estudos nacionais dos EUA sobre os fatores humanos e os programas para redução de acidentes e mortes causados pelo álcool.

Outros nomes são:

– Marilyn Huestis, uma das principais pesquisadoras do National Institute on Drug Abuse (NIDA) dos Estados Unidos. Ela tem 23 anos de experiência na condução de estudos sobre administração de medicamentos controlados e drogas novas, como ecstasy e o impacto da maconha na direção;

– O diretor do International Program do NIDA, Steve Gust, que trabalha como conexão entre o NIH e outras agências norte-americanas, governos estrangeiros e organizações internacionais, regionais e não governamentais na área de segurança viária.  E ainda, a diretora do MADD – Mothers Against Drunk Driving, Debbie Weir, e a presidente do MADD USA, Colleen Sheehey. O MADD é um exemplo do poder das ONGs nesta área, tendo ao longo de décadas modificado leis de trânsito e a idade limite para beber nos Estados Unidos. Ambas, junto com reconhecidas ONGs nacionais e latino-americanas, realizarão palestras dentro e fora do evento – para escolares – para falar a respeito dos problemas relativos ao uso de drogas e o álcool no trânsito.

Com estes nomes confirmados, o diretor do Centro de Pesquisa em Álcool e Drogas, o médico psiquiatra Flávio Pechansky considera que o nível técnico e de excelência dos palestrantes vem provocando interesse pelo evento e terá com certeza uma grande participação nacional e internacional para discutir a temática e disseminar informações que auxiliem na redução da mortalidade e morbidade relacionados ao uso de substâncias por condutores.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s