Mercado de Eventos: a aposta de quem tem 50 ou mais

curso-blog
 Cláudia, Paulo e Ivone

A disposição e o entusiasmo são os mesmos de qualquer jovem, preparando-se para sair em busca do primeiro emprego. É o que fica claro, quando falo com alguns alunos do curso Recepcionista de Eventos para pessoas com 50 anos ou mais do Instituto Ivo Procksch – Brasil Idoso, em parceria com a ABEOC – RS (Associação Brasileira de Empresas de Eventos – Regional RS), que acontece em Porto Alegre, até a quinta-feira próxima.

Com 75 anos, professora de espanhol, com mestrado em Turismo e Hotelaria, Ivone Silva Santos é tradutora e guia de turismo no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. Mas ainda não se sente satisfeita, quer se qualificar para trabalhar também com eventos. Bonita, simpática, é a mais experiente dessa turma de 19 alunos.

Outro exemplo transparente de disposição para encarar um novo trabalho na área de eventos, é Paulo Svaldi Silveira. Extremamente jovial, o representante comercial da indústria farmacêutica não quer saber de aposentadoria. Aos 73 anos, ele considera que tem muito a contribuir com seu trabalho e experiência em uma área que, além de lhe proporcionar algum rendimento, lhe trará a satisfação de um novo rumo profissional, exercendo uma atividade das mais importantes na economia.

“Ter a possibilidade de conhecer coisas novas e interagir com pessoas interessantes de todas as idades” é a expectativa de Cláudia Gauss de Oliveira. Ela é a mais nova do grupo de alunos. Depois de ter passado pelos departamentos de RH e financeiro, na iniciativa privada, Cláudia tornou-se terapeuta de florais, ajudando as pessoas a conhecerem melhor suas emoções. Agora, aos 53 anos, ela quer ampliar seus conhecimentos e integrar outros grupos, trabalhando em uma nova área.

Confiantes nas oportunidades que o mercado de eventos poderá proporcionar em suas vidas pessoal e profissional, esses experientes alunos não fazem ideia do quanto poderão contribuir para o desenvolvimento do mercado, ao exercerem suas competências. Afinal, a indústria de eventos é feita por pessoas; pela qualidade e excelência de seus serviços, pelas ações viabilizadoras que se traduzem em resultados em benefício de todos.

O curso prossegue nesta quarta-feira (26), com as aulas do jornalista, locutor, mestre de cerimônias e assessor em cerimonial, Luiz Afonso Rech, e da relações públicas, Luciane Pacheco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s