Como preparar uma noite com queijos e vinhos

4627dd7a-492f-414c-aa58-ca0c1f2c44a0

Nesse friozinho, é muito gostoso reunir os amigos ou, até mesmo, planejar aquele encontro a dois, não é mesmo? Para preparar uma noite de queijos e vinhos, um dos primeiros passos é saber o número de convidados. A partir daí dá para definir melhor a quantidade de aperitivos que serão servidos.A sugestão é que sirva cerca de -250g de queijos por pessoa e por volta de 150g de acompanhamentos. Já para o vinho, o ideal é no mínimo 1 garrafa para a cada 2 pessoas.

Obviamente o queijo será o prato principal e o vinho o acompanhamento principal. Além dos queijos sirva pães, patês, frios e algumas frutas.Se preferir deixar sua mesa ainda mais rica aposte nos caldos, que é uma ótima opção de prato quente.

Como se trata de uma noite em que o queijo é atração gastronômica. O ideal é que você opte por servir no mínimo 6 tipos de queijo diferentes. Podemos classificar alguns tipos que não podem faltar na sua noite. Queijos fortes como: Gorgonzola e Roquefort. Escolha também queijos de texturas duras, como o parmesão e o Gruyere. É importante também os queijos de sabor suave como o Gouda e o queijo Emmental. E os cremosos como o Brie e Camembert.

Harmonização

Quando se trata em misturar esses dois alimentos, sabemos que o vinho certo pode fazer toda a diferença no sabor do queijo e vice-versa. Assim como os queijos os vinhos possuem uma inúmera variedade de sabores e por isso é preciso escolher o vinho ideal para que sua experiência gastronômica seja ainda melhor.

O queijo Brie, por exemplo, é recomendado para o consumo harmonioso com vinhos tintos frutados como Touraine, ou vinhos mais encorpados como o Bordeaux. Trata-se de um queijo de origem francesa que se caracteriza pela degradação enzimática. Já os queijos conhecidos como queijos azuis, como o queijo gorgonzola e o queijo Roquefort são reconhecidos por seu sabor intenso. Combina muito bem com vinhos doces. Tanto o vinho do Porto ou vinhos considerados de sobremesa.

Os queijos de classificação maturados como o queijo muçarela e o queijo provolone possuem uma textura elástica e resistente. Os vinhos de corpo leve ou médio são os mais indicados para a harmonização. Como se trata de um queijo com maior teor de gordura, um vinho de corpo leve ajuda na hora de equilibrar.

Enquanto os queijos levemente adocicados como o cheddar e o Gouda, harmonizam muito bem com vinhos leves, ácidos e frutados que limpam o paladar e equilibram a doçura.

A decoração pode ser desde algo mais simples, á algo mais elaborado. O segredo é criar todo um ambiente mais intimista, mas ainda sim informal.
(DINO)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s