Como evitar golpe de empresas de eventos. Abrafesta orienta e dá dicas

DSCN2683 (2)
Realizar um evento social exige muito planejamento e dedicação. Muitas pessoas passam um bom tempo organizando tudo com cuidado, mas é preciso cautela na hora de escolher a empresa responsável pelo evento para que o tão desejado sonho não vire um verdadeiro pesadelo. Como forma de proteger o consumidor de possíveis prejuízos e evitar golpes, a Abrafesta (Associação Brasileira de Eventos) alerta para a importância de ficar atento a alguns fatores na hora de acertar os detalhes da festa com os prestadores de serviços do setor.

Antes de fechar o contrato, é importante que o consumidor se certifique que a empresa está devidamente constituída, ou seja, possua contrato social, CNPJ, inscrição municipal ou estadual ativos. Outra recomendação importante da Abrafesta é ficar atento se a empresa possui todos os alvarás e licenças necessárias para a prestação do serviço oferecido, como alvará de funcionamento, licença do Corpo de Bombeiros e demais licenças exigidas; as NRs 10 e 35, de acordo com a necessidade de cada segmento.
A associação também recomenda que o consumidor faça um breve levantamento na internet com o objetivo de identificar se a empresa contratada possui ações judiciais. “Diante dessas orientações será possível identificar quais tipos de problemas são recorrentes com o prestador e também a forma como ele age diante dessas situações. Esses cuidados são importantes e evitam situações desagradáveis no planejamento e realização do evento”, alerta Ricardo Dias, presidente da Abrafesta.

Sobre a ABRAFESTA:
A ABRAFESTA, Associação Brasileira de Eventos, atua desde 2009 certificando e estruturando o mercado de festas, casamentos e eventos. Seus associados recebem orientações sobre inovações no setor, adoção das melhores práticas, importância da qualidade e da capacitação permanente. Reúne as mais prestigiadas empresas do segmento e trabalha para fortalecer cada vez mais o crescente mercado de eventos no Brasil, que em 2014 movimentou R$ 16,8 bilhões, segundo pesquisa encomendada pela Associação.

(DINO)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s