Seminário do LIDE debate ações para melhorar competitividade do Estado

LideSartori-55_preview.jpeg

“O Rio Grande do Sul tem um grande desafio competitivo, melhorar sua solidez fiscal e conseguir manter os indicadores positivos como inovação e custo da máquina pública”,  afirmou o sócio diretor da Tendências Consultoria Integrada, Adriano Pitoli, em almoço do LIDE Rio Grande do Sul, com a presença do Governador Ivo Sartori, lideranças empresariais  e dirigentes do CLP – Centro de Liderança Pública, nesta segunda-feira (6), no Porto Alegre Country Club.

A proposta do encontro foi a apresentação pelo CLP do Ranking da Competitividade 2017, que é o indicador mais respeitado sobre gestão pública no País, realizado pelo CLP em parceria com a Bovespa, Tendências Consultoria e The Economist Intelligence Unit. Recentemente, o Rio Grande do Sul, conseguiu melhorar sua posição no ranking saindo do 9º para 7º lugar e conquistar o Prêmio Excelência em Competitividade na categoria Boas Práticas para a Sala do Investidor do Rio Grande do Sul.

Segundo o diretor de Desenvolvimento de Lideranças do CLP, Fábio Ono, a oportunidade de trazer esta pauta de competitividade para o RGS é extremamente importante. “A partir de agora, por meio de um acordo de cooperação com o LIDE RS, vamos divulgar ações no Estado que melhorem a gestão pública em níveis estadual e municipal”.

Este ano mais de 10 prefeitos gaúchos participaram de cursos de capacitação do CLP e a ideia é que mais municípios, principalmente os pequenos com menos de 30 mil habitantes, disse Ono. “O CLP quer que as pessoas conheçam a importância deste trabalho, não apenas para os gestores, mas também para o corpo técnico das prefeituras”

Na ocasião, o governador Ivo Sartori expôs as ações que concorreram para o Estado alcançar mais duas posições no ranking e falou sobre as medidas impopulares mais necessárias para transformar a estrutura pesada, lenta burocrática do Estado nos últimos anos. “Nossa posição de melhoria no ranking demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou. E anunciou novos projetos que serão encaminhados para a Assembleia nos próximos meses, além dos já em votação.

O presidente do LIDE, Eduardo Fernandez, disse que os empresários querem que o governo seja firme e ágil no que se refere ao pacote de medidas encaminhado para a Assembleia e que os empresários apoiarão irrestritamente o que for necessário para a retomada da competitividade e do protagonismo do Rio Grande do Sul no cenário econômico.

“Estaremos fomentando o debate com o setor público e incentivando a inovação na gestão publica, com líderes transformadores, que acreditem no crescimento baseado na iniciativa privada, que é quem gera empregos e promove o desenvolvimento da sociedade”, conclui.

O Governador Sartori estava acompanhado dos secretários Maria Helena Sartori, do o Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos; Fábio Branco, da Casa Civil e Márcio Biolchi, do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, e Cleber Benvegnu, da Comunicação.

Sobre o LIDE

O LIDE reúne empresários de 11 países e cinco continentes. Foi fundado no Brasil em 2003 e, desde então, vem promovendo a integração entre empresas, organizações e entidades privadas por meio de programas de debates, fóruns e iniciativas de apoio à sustentabilidade, educação e responsabilidade social. São 16 unidades internacionais e 16 nacionais.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s